AMAZONAS

Aqui você sabe onde ir, fica por dentro dos eventos e ainda visita os principais pontos turísticos virtualmente.

O AMAZONAS

Conhecer a Amazônia é uma experiência única. Disso, todo mundo sabe. Mas, nos últimos anos, viajar pelo que há de melhor nos seus cinco milhões de quilômetros quadrados ganhou comodidade e segurança, graças aos hotéis de selva, aos cruzeiros pelos rios da região e à infraestrutura turística aprimorada em lugares como Manaus. Hoje, o visitante se sente abraçado pela natureza e com a chance de nadar com botos-cor-de-rosa, conhecer aldeias indígenas e ficar cara a cara com jacarés, ariranhas, onças e outros animais.

NATUREZA

Detentora da maior cobertura vegetal tropical do planeta, o Amazonas é exuberante em manifestações de vida, desde a microscópica até a gigantesca. Banhada por intensa luminosidade, que praticamente a aquece por igual durante as quatro estações, e alimentada por um complexo sistema hidrológico, a Floresta Amazônica promove diariamente a sua própria renovação, num ciclo infindável que se alterna em vida e morte, dia e noite, chuva e sol, vazante e enchente dos rios, influenciando beneficamente o clima em escala planetária.

BIODIVERSIDADE

A biodiversidade da região amazônica é única e a mais rica do mundo. Suas florestas concentram 60% de todas as formas de vida do planeta, mas calcula-se que somente 30% de todas elas são conhecidas pela ciência. Estima-se em cerca de um milhão de espécies animais e vegetais, incluindo mais de 2.000 tipos de peixes, 2.500 tipos de pássaros, 3.500 tipos de árvores com mais de 30 cm de diâmetro e 300 espécies de répteis, cobras e lagartos.

Faça um Tour

Pelos principais pontos turísticos da Amazônia.
Atrações Turísticas

Arena da Amazônia

Inaugurada, especialmente, para a Copa do Mundo da FIFA 2014, a Arena foi construída de acordo com premissas de sustentabilidade e tem estação de tratamento de esgoto, sistema de aproveitamento de água da chuva e ventilação natural para reduzir o consumo de energia.


Atrações Turísticas

Ponte Rio Negro

Inaugurada no dia 24 de outubro de 2011, a Ponte Rio Negro, que liga a cidade de Manaus ao município de iranduba, já é uma das principais atrações turísticas da capital amazonense. A ponte oferece uma belíssima visão panorâmica do impressionante Rio Negro, o maior rio de águas negras do mundo, que está em sua plenitude no fim da cheia, por volta do mês de junho.


Atrações Turísticas

Rios da Amazônia

Curiosidades sobre a amazônia.


Atrações Turísticas

Teatro Amazonas

Inaugurada, especialmente, para a Copa do Mundo da FIFA 2014, a Arena foi construída de acordo com premissas de sustentabilidade e tem estação de tratamento de esgoto, sistema de aproveitamento de água da chuva e ventilação natural para reduzir o consumo de energia.


Atrações Turísticas

Cachoeira do Santuário

A Reserva Ecológica Cachoeira Santuário fica no município de Presidente Figueiredo, a aproximadamente 110 km ao norte de Manaus, e possui  uma das mais belas cachoeiras do Município. É, também, aquela que, talvez, possua a melhor infraestrutura turística. Localizada no Km 12 da AM-240, ela faz parte da reserva ecológica de mesmo nome  e conta com chalés, piscinas e restaurante para atender aos hóspedes.


Atrações Turísticas

Encontro das Águas

É um fenômeno que acontece na confluência entre o Rio Negro, de água preta, e o Rio Solimões, de água barrenta, onde as águas dos dois rios correm lado a lado, sem se misturar, por uma extensão de mais de 6 km. É uma das principais atrações turísticas da cidade de Manaus.


Municípios

Manaus

Manaus é um município brasileiro, capital do estado do Amazonas e principal centro urbano, financeiro e industrial da Região Norte do Brasil. É a cidade mais populosa do Amazonas e de toda a Amazônia com mais de 2,1 milhões de habitantes. Manaus é a cidade mais influente da Amazônia Ocidental, exercendo um impacto significativo sobre o comércio, educação, finanças, indústria, mídia, pesquisas, tecnologia e entretenimento de toda a região, sendo classificada na hierarquia urbana brasileira como metrópole regional.


Municípios

Iranduba

Iranduba é um município brasileiro localizado na Região Metropolitana de Manaus, no estado do Amazonas. Situado à margem esquerda do Rio Solimões, é o maior produtor de hortifrutigranjeiros do Amazonas.


Municípios

Manacapuru

Manacapuru é um município brasileiro localizado na Região Metropolitana de Manaus, no estado do Amazonas. É o quarto município mais populoso do estado. Ocupa uma área de 7 329,234 km² e sua população, estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2017, era de 96 460 habitantes, sendo assim o quarto município mais populoso do estado do Amazonas, superado por Manaus, Parintins e Itacoatiara, e o segundo de sua microrregião. Juntamente com outros sete municípios, integra a Região Metropolitana de Manaus, a maior região metropolitana brasileira em área territorial e a mais populosa da Região Norte do Brasil. Sua área representa 0.4666 % da área do estado do Amazonas, 0.1902 % da Região Norte e 0.0863 % de todo o território brasileiro.


Municípios

Benjamin Constant

Benjamin Constant é um município brasileiro do interior do estado do Amazonas, Região Norte do país. Localiza-se na microrregião do Alto Solimões, mesorregião do Sudoeste Amazonense. Sua população é de 40.417 habitantes, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2016.


Municípios

Coari

Coari é um município brasileiro do interior do estado do Amazonas, Região Norte do país. Pertence à mesorregião do Centro Amazonense e à microrregião de mesmo nome. Na área territorial do município, localiza-se a plataforma da Petrobrás de Urucu, onde se extrai petróleo e gás. Próximo à cidade, está instalado o Terminal Aquaviário da Transpetro (subsidiária da Petrobras), que recebe, através de dois dutos, o gás e o petróleo, que são levados por navios para Manaus e outras regiões do Nordeste. De acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o total de habitantes do município em 2017 eram de 84 762, sendo o quinto município mais populoso do estado.


Municípios

Barcelos

Barcelos é uma cidade histórica, tendo sido a primeira capital da província do Amazonas antes da sede administrativa ser transferida para Manaus. Situa-se na margem direita do rio Negro. Sua área, que é de 122.476 km², faz do município o maior do estado do Amazonas em área territorial, e o segundo maior do Brasil, atrás apenas de Altamira, no estado do Pará. Também integra a lista dos maiores municípios do mundo em área territorial.


Municípios

Novo Airão

Ocupa uma área de 37 771 246 km² e sua população, contada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2016, era de 18 133 habitantes, sendo assim o quadragésimo quinto município mais populoso do estado do Amazonas e o menos populoso de sua microrregião. Sua área representa 2.4047 % da área do estado do Amazonas, 0.9802 % da Região Norte e 0.4446 % de todo o território brasileiro.


Municípios

Parintins

O município é conhecido principalmente por sediar o Festival Folclórico de Parintins, uma das maiores manifestações culturais preservadas da América Latina. Localiza-se à margem direita do rio Amazonas. A vegetação, típica da região amazônica, é formada por florestas de várzea e de terra firme, tendo, ao seu redor, um relevo composto por lagos, ilhotes e uma pequena serra. A principal forma de transporte entre Parintins e os demais municípios é o fluvial, além do aéreo.


Municípios

Presidente Figueiredo

Presidente Figueiredo despontou para o turismo ecológico em razão de sua fartura de águas, selva, recursos naturais, cavernas e cachoeiras. O Ministério do Turismo catalogou mais de cem quedas d'água no município, muitas delas exploradas economicamente através do ecoturismo. É existente na área urbana e rural uma razoável infraestrutura turística em expansão. 


Municípios

Tabatinga

O município está localizado no oeste do estado do Amazonas, na tríplice fronteira entre o Brasil, a Colômbia e o Peru, tendo sido criado em 1983. Apresenta uma conurbação com a cidade colombiana de Letícia.


Municípios

Maués

Maués é um município brasileiro no interior do estado do Amazonas. Pertencente à Mesorregião do Centro Amazonense e Microrregião de Parintins, sua população é de 61 mil habitantes, de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2016. A cidade é reconhecida nacionalmente por possuir uma das maiores expectativas de vida do país.


Municípios

Rio Preto da Eva

O nome Rio Preto da Eva veio em conseqüência das águas pretas (ou escuras) do rio que banha a localidade (ou aquele município) desembocado no Paraná da Eva. O estabelecimento do município deve-se ao fato de ter sido implantado a colônia agrícola por imigrantes japoneses e alguns colonos brasileiros que se instalaram em fins de 1967, três anos após ter chegado a estrada do Rio Preto, possibilitando a tornar-se município, vindo a ocorrer em dezembro de 1981, conforme deliberação tomada pelo governador José Lindoso.


Municípios

Atalaia do Norte

Atalaia do Norte é um município mundialmente conhecido por abranger grande parte da Terra Indígena Vale do Javari, a qual é a maior reserva de índios isolados do mundo, além de ter sido o local de uma das maiores quedas cósmicas da história moderna, que ficou conhecida como Evento do Rio Curuçá.


Cultura

Cultura Indigena

A Amazônia brasileira é lar para um grande número de tribos isoladas, mais do que em qualquer outro lugar no mundo. Segundo a Fundação Nacional do Índio (FUNAI), acredita-se que existam pelo menos 100 grupos de índios isolados na parte brasileira da floresta amazônica.



Destinos Turísticos

O Amazonas não é rico somente em biodiversidade, aqui você também pode explorar e fazer várias coisas interessantes.


A riqueza da cultura amazonense é reconhecida internacionalmente, atraindo olhares de todos os cantos do mundo. A influência dos povos indígenas está presente na música regional, nas artes plásticas, artesanato e manifestações folclóricas, além da influência da música erudita.

A riqueza da cultura amazonense é reconhecida internacionalmente, atraindo olhares de todos os cantos do mundo. A influência dos povos indígenas está presente na música regional, nas artes plásticas, artesanato e manifestações folclóricas, além da influência da música erudita.

No Amazonas o ano inteiro é marcado por festivais como: Carnaboi, Boi Manaus, Festival Folclórico do Amazonas, Festival de Cirandas, Festival da Canção de Itacoatiara, Festival Internacional do Jazz e o Boi-Bumbá de Parintins, que já conquistou prestígio internacional, muito bem representado nos festivais de Ópera, que ocorre todo mês de abril/maio de cada ano.

Festivais

Festival de Parintins – O Festival de Parintins é um dos maiores eventos de cultura e folclore do país. Durante três noites de festas, o Boi Garantido, de cor vermelha, e o Boi Caprichoso, de cor azul, apresentam lendas regionais, rituais indígenas e os costumes ribeirinhos ao som das toadas, alegorias e encenações. O Festival ocorre todo último final de semana do mês de junho, todos os anos.

Festival das Cirandas – O Festival de Cirandas é considerado o segundo maior evento folclórico do interior do Amazonas. Os grupos de ciranda apresentam, em geral, temas populares e a história das origens das lendas, com novas músicas e ritmos, representados por 3 agremiações: Flor Matizada, Guerreiros Mura e a Tradicional. O Festival ocorre todo final do mês de setembro de cada ano.

Festival Amazonas de Ópera – O evento acontece todos os anos no mês de maio na cidade de Manaus. Realizado pela Secretaria de Cultura do Estado do Amazonas, desde 1996, o evento atrai atenção dos turistas estrangeiros, em especial dos europeus.

Festival de Jazz – Todos os anos, no mês de julho, por seis dias o Teatro Amazonas recebe o Festival Amazonas Jazz, com a apresentação de artistas de reconhecido prestígio, seja local, nacional ou internacionalmente. O evento também envolve a comunidade com uma extensa e diversificada programação acadêmica do evento.

Amazonas Film Festival – Acontece durante o mês de novembro e estimula a produção cinematográfica na região, reunindo obras de ficção e filmes documentários, inserindo o Amazonas no circuito de festivais internacionais de cinema.
Arquipélagos, centenas de lagos, rios e igarapés, ricos em espécies vegetais e animais. Paisagens paradisíacas e pontos turísticos que garantem verdadeiras aventuras. Com 98% do patrimônio florestal preservado, o Amazonas possui uma biodiversidade que encanta.

A prática do ecoturismo no Amazonas pode ser realizada na Reserva de Desenvolvimento de Mamirauá, no município de Tefé; na Aldeia dos Lagos, no município de Silves; na Comunidade de Ubim e Piranha, no município de Manacapuru; e nas comunidades de Janauary, Paricatuba e Acajatuba, no município de Iranduba.
A culinária típica amazonense é a base de peixes e frutas, a maioria dos pratos é saudável e leve, os caldos de peixe são destaque em restaurantes populares e refinados. Jaraqui, pirarucu, tambaqui, pacu e matrinxã, peixes com sabores inigualáveis que podem ser servidos na caldeirada, assado ou frito. O pirarucu é um dos maiores peixes de água doce do mundo, pode crescer até três metros de comprimento e pesar cerca de 250 kg.

Existem também as iguarias com fama mundial, como: açaí, cupuaçu e o guaraná, frutas com alto poder energético.

Restaurantes


A capital possui restaurantes sob o comando de chefes famosos nacionalmente. Os ingredientes típicos ganham versões refinadas nos restaurantes renomados da cidade, e nos tradicionais é possível experimentar os temperos caseiros e receitas de famílias. Além da gastronomia regional, o turista encontra na capital Manaus, restaurantes da cozinha nacional e internacional.

Acesse o site da Associação Brasileira de Restaurantes – AM para mais informações: www.abraselam.com.br

Comidas de rua


Que tal uma tapioca para começar o dia?

Em cada esquina de Manaus é possível encontrar um café, churrasco ou banca de tacacá. Alguns destes lugares são famosos e frequentados por todos os públicos de várias idades. Um grande sucesso é o X-Caboquinho, sanduiche tucumã com queijo coalho e banana pacovã frita. O açaí, fruto típico das palmeiras amazônicas, é muito utilizado no preparo de sucos, vinhos, doces, licores e sorvetes.

Link: http://vejabrasil.abril.com.br/manaus/
Há hotéis de selva para todos os gostos e necessidades, desde os mais luxuosos, que oferecem suítes com ar condicionado, aos mais rústicos, cujo ambiente é simples. De comum entre eles, o permanente contato do visitante com a natureza. Em alguns hotéis de selva também é possível alimentar animais selvagens na própria mão: quatis, macacos e araras vêm se banquetear com os turistas.

O Amazonas apresenta dois cenários para o turista. Na cheia as florestas alagadas oferecem um paisagismo onde os igapós são as trilhas. Na estiagem (seca) a opção é caminhar nas trilhas em terra seca, contemplando as espécies diurnas que vivem na floresta.
A observação de pássaros, organizadas por empresas especializadas, são lideradas por guias experientes. Os roteiros oferecem caminhadas em mata primária de terra firme e, dependendo da época do ano, a atividade é oferecida utilizando canoa motorizada, ao longo de furos, lagos e igapós.
Antiga sede da polícia do século XIX que abriga museus de arte, numismática, arqueologia e muito mais.
O Parque Nacional do Jaú é uma unidade de conservação brasileira de proteção integral da natureza localizada nos estados do Amazonas e de Roraima, com território distribuído pelos municípios
O Amazonas tem os melhores locais para você realizar a pescaria perfeita. São inúmeros rios que abrigam a grande diversidade de peixes, entre eles o tucunaré , símbolo da pesca esportiva no Brasil. Predador por excelência, sua voracidade é tamanha que ele é capaz de atacar anzóis mesmo sem isca. Além do tucunaré, a pesca esportiva também contempla os grandes bagres ou catfish, como são conhecidos mundialmente: jaú, pirarara, surubim, caparari, barbado, dourado e piraíba. Por se tratar de peixes migratórios em sua maioria, a pesca esportiva pode ser praticada durante o ano todo.

Acesse o link e tire a sua licença para pesca esportiva:
www.ipaam.br/licenca_pesca.html
Teatro Amazonas é um teatro brasileiro localizado no largo de São Sebastião, no centro de Manaus, capital do Amazonas, inaugurado em 1896 é a expressão mais significativa da riqueza de Manaus durante o ciclo da borracha.
A cidade possui uma boa infraestrutura aeroportuária e a hoteleira, ostenta bons índices de segurança, limpeza pública e sinalização adequada, conta com vários pequenos e médios centros de convenções para eventos, indústrias gráficas, fornecedores de equipamentos audiovisuais, sinalização, decoração, além de inúmeros segmentos de profissionais especializados.
As visitas de cruzeiros à região ocorrem por temporadas, em geral, entre os meses de outubro e abril de cada ano. Em média, Manaus recebe 23 navios por temporada, que oferecem roteiros para todos os gostos: cruzeiros gastronômicos, passeios para solteiros, shows com artistas de renome, festas comandadas por DJs famosos e roteiros temáticos, como os de fitness.
A melhor maneira de descobrir as maravilhas naturais da maior bacia hidrográfica do mundo é a bordo de um barco. Seja nos grandes e luxuosos ou em pequenas embarcações, o turista deve estar preparado para se surpreender. Arquipélagos com centenas de ilhas – e praias – recortam a paisagem. Jacarés, botos cor-de-rosa, aves pernaltas e pequenos roedores saltam aos olhos. No período da seca, o labirinto natural revela inúmeras praias de areia branca. Além de esticar-se ao sol, o visitante não pode deixar de fazer trekking pelas ilhas e de se jogar com boias no rio. Na cheia, a dica é navegar por entre as maiores árvores da floresta de igapós. Além de aproveitar as praias que se formam na estiagem, vale participar da pescaria esportiva, a principal atividade econômica da região, que tem no tucunaré a sua estrela.

Onde se hospedar, comer e comprar.

50

ACOMODAÇÕES

80

RESTAURANTES

80

SHOPPINGS

80

ATRAÇÕES

Depoimentos de Turistas

Entre em Contato

Somos o portal oficial de turismo no Amazonas. Entre em contato conosco.

Siga-nos nas Redes Sociais:

Contate-nos

contato@visitamazonastour.com
Seg - Sex, 8h às 17h.

Encontre-nos no escritório

Rua Santos Dumont, s/n - Tarumã
CEP 69041-000 / Manaus - Amazonas